Diante de cenários turbulentos ninguém quer investir dinheiro em algo arriscado. Buscar por um investimento com menos risco, com a possibilidade de através de habilidades talentosas se atingir um sucesso em determinado espaço de tempo. Sabemos que a atividade de empreender por si só tem um risco, mas ele pode ser minimizado a medida que o modelo de negócio está mais definido e testado, esse é o caso da franquia.

A grande vantagem de se investir em franquia é que você adquire um negócio ou marca que já é consagrado no mercado. Principalmente nos primeiros meses, época em que tudo é mais complicado e muitos dos empreendimentos fecham suas portas, você terá suporte e contará com o renome da marca que está representando. Isso traz uma vantagem competitiva e te dá suporte para um bom retorno do investimento feito!

Investir em franquia ao invés de um negócio próprio tem um sentido pois você entrará para um negócio já testado e muitas vezes uma marca já consolidada no mercado. Essa é a grande vantagem de quem quer comprar uma franquia, tem o desejo de investir em algo mais seguro pois já sabe que tem mercado e consumidores, diferentemente de abrir um negócio próprio que você vai começar do zero no qual você ainda terá que desbravar o mercado e ainda aceitação pelo mercado.

Quando se busca uma franquia, se busca o know-how estabelecido e já adquirido pelo franqueador em anos de sua atuação. Busca-se, portanto, adquirir o conhecimento e o apoio dele na seleção dos seus funcionários e o seu treinamento e de sua equipe na operação desse negócio. Além disso espera-se que o franqueador preste algumas consultorias ao longo do tempo aos franqueados para garantir o máximo sucesso daquele negócio.

Outro ponto positivo das franquias é que elas já têm um plano de negócio previamente definido. Muitas vezes o empreendedor não tem tempo nem habilidade para definir todos os fatores que podem interferir no negócio antes de se abri-lo, nesse quesito contar com a experiência de um franqueador pode ajudar e muito. Porém há sempre a necessidade de validar e atualizar os valores de acordo com o mercado em que você irá atuar.

Uma franquia pressupõe um padrão e um modelo a ser seguido, portanto muitas vezes já se tem o plano arquitetônico e quais gastos a serem feitos antes de se abrir aquele negócio. Como geralmente o objetivo é a padronização de produtos e serviços, um franqueador já terá os custos de sua unidade-piloto como comparativo, para que essa etapa não fuja do planejado e com isso comprometa seu fluxo de caixa posteriormente.

Qualquer ação a ser tomada em relação a possíveis investimentos deve considerar o custo-benefício. Ao abrir um negócio, o empreendedor também deve sempre pensar nos prós e nos contras do empreendimento, calculando possíveis riscos e vantagens.

No caso das franquias, a fórmula é bastante simples: suporte, conhecimento e apoio do franqueador trazem menos riscos e maiores chances de sucesso. Além desses fatores, algo muito importante que deve ser ponderado é o fato de que os produtos já foram conhecidos e testados pelo mercado. Ou seja, já existe uma clientela bem definida para o produto vendido.

Ao investir em franquia, o franqueado já tem acesso a uma série de documentos e conta com a estrutura empresarial e as estratégias de marketing da marca franqueadora. Ou seja, o empreendedor faz um investimento inicial e não precisa planejar muitas coisas — basta adequar a loja para o formato exigido pela franqueadora, adquirir os materiais, vestuário, suprimentos e materiais utilizados no empreendimento.

O franqueado recebe um plano de negócios, documento que apresenta possíveis fatores que podem impactar a franquia e, assim, tem mais praticidade e corre menos riscos do que normalmente correria com um novo projeto.

Uma das preocupações de quem tem um negócio próprio é com o mix de produtos, ou seja, a diversidade oferecida aos clientes. No caso dos franqueados, não existe essa preocupação, já que o desenvolvimento de novos produtos é uma tarefa da marca franqueadora.

Os custos com essa atividade são distribuídos entre todos os franqueados e incluída na taxa cobrada mensalmente. A vantagem é ter sempre produtos qualificados e contar com uma equipe de pesquisa e desenvolvimento sem precisar fazer grandes investimentos.

Iniciada em 2004, na cidade de Hakata, província de Fukuoka Japão, a missão do Ikkousha é espalhar o autêntico Ramen de Hakata pelo mundo. O nome Ikkousha, consiste em 3 caracteres com o significado de
“um lugar feliz” para os clientes.

ICHI (um) | KOU (feliz) | SHA (espaço) “Nossos corações e almas são derramados em cada prato que fazemos, para garantir que estejam recebendo o melhor e autêntico Tonkotsu Ramen”

ORIGEM DO RAMEN

Introduzido no Japão por imigrantes chineses, no final do século XIX. Ao fim da Segunda Guerra Mundial, mediante tamanha destruição e fome, e unidas a pior colheita de arroz, em compensação, com a abundância de trigo e banha de porco, foi uma das grandes salvações da população da época. Hoje é um dos pratos mais populares no Japão.

RAMEN NO BRASIL

O Ramen entrou no cardápio de alguns restaurantes no Brasil por volta dos anos 70, inicialmente na culinária chinesa, e posteriormente, em restaurantes japoneses, junto a seção de macarrão. Hoje em dia, para o público que aprecia um bom ramen japonês, sabe-se que é servido em casas especializadas, e as melhores, sempre tem fila.

TONKOTSU RAMEN

Esse prato é composto por um caldo (sopa), macarrão especial que não “derrete” no caldo e os “toppings” (acompanhamentos). Tonkotsu (não confundir com Tonkatsu), é o caldo extraído do osso suíno. Para chegar ao ponto ideal para consumo, os ossos são cozidos por longas horas até chegar ao ponto cremoso.

PREPARO DO TONKOTSU

O Ramen é formado por 3 patamares:
• Caldo
• Macarrão
• Toppings (acompanhamentos)

Para o ponto ideal do caldo, leva mais de 15 horas de cozimento, resultando com a extração do tutano dos ossos do porco, juntamente com outros ingredientes. A partir desse caldo, são adicionados os temperos.

Os “toppings”, existe uma grande variação, mas, não pode faltar o chyashu (lombo cozido e fatiado).

SEGREDO DO IKKOUSHA

O segredo do sucesso do Ikkousha está nas longas horas preparação de seu caldo (mais de 15 horas), a produção artesanal do macarrão e a equilibrada delicadeza dos “toppings”. Criando um prato equilibrado, encorpado e saboroso.

Durante o preparo da sopa, os funcionários encarregados pelo gerenciamento, sempre ficam em frente a panela/caldeirão, observando atenciosamente a situação e condição da sopa, mantendo sempre o balanceamento ideal, além de outros ajustes, como a temperatura do fogo e sopa, equalização do nível de água, tempo de mexer os ossos do porco, etc.

INVESTIMENTO

*Os valores são estimados para uma unidade padrão, baseado na experiência da empresa, sendo variável em função da localização, área e estado do imóvel. Não são considerados valores de ponto/luvas.

Taxa inicial de FranquiaUS$ 20.000,00
Taxa mensal (royalty)5% sobre o faturamento bruto
Investimento total deR$ 800.000,00 a 1.500.000,00*
Faturamento mensalR$ 200.000,00 a 350.000,00
Área necessária para uma unidade padrãoAproximadamente 150m² a 200m² podendo
variar dependendo da estrutura física

#IkkoushaMatriz

SEJA UM FRANQUEADO